8 de Janeiro de 2010

O SOL E A LUA............. de Sílvana Duboc


















Quando o SOL e a LUA se encontraram pela primeira vez, se apaixonaram perdidamente
e a partir daí começaram a viver um grande amor.


Acontece que o mundo ainda não existia e no dia que Deus resolveu criá-lo, deu-lhes então o toque final... o brilho !

Ficou decidido também que o SOL iluminaria o dia e que a LUA iluminaria a noite, sendo assim,
seriam obrigados a viverem separados.

Abateu-se sobre eles uma grande tristeza quando tomaram conhecimento de que nunca mais se encontrariam.

A LUA foi ficando cada vez mais amargurada, mesmo com o brilho que Deus havia lhe dado,
ela foi se tornando solitária.

O SOL por sua vez havia ganhado um título de nobreza "ASTRO REI", mas isso também não o fez feliz.

Deus então chamou-os e explicou-lhes:
Vocês não devem ficar tristes, ambos agora já possuem um brilho próprio.

Você LUA, iluminará as noites frias e quentes, encantará os enamorados e será diversas vezes motivo de poesias.

Quanto a você SOL, sustentará esse título porque será o mais importante dos astros,
iluminará a terra durante o dia, fornecerá calor para o ser humano e a sua simples presença fará as pessoas mais felizes.

A LUA entristeceu-se muito com seu terrível destino e chorou dias a fio, já o SOL ao vê-la sofrer tanto, decidiu que não poderia deixar-se abater pois teria que dar-lhe forças e ajudá-la a aceitar o que havia sido decidido por Deus.

No entanto sua preocupação era tão grande que resolveu fazer um pedido a ELE:
Senhor, ajude a LUA por favor, ela é mais frágil do que eu, não suportará a solidão,

E Deus em sua imensa bondade criou então as estrelas para fazerem companhia a ela.

A LUA sempre que está muito triste recorre as estrelas que fazem de tudo para consolá-la, mas quase sempre não conseguem.

Hoje eles vivem assim... separados, o SOL finge que é feliz, a LUA não consegue esconder que é triste.

O SOL ainda esquenta de paixão pela LUA e ela ainda vive na escuridão da saudade.

Dizem que a ordem de Deus era que a LUA deveria ser sempre cheia e luminosa, mas ela não consegue isso, porque ela é mulher, e uma mulher tem fases.
Quando feliz consegue ser cheia, mas quando infeliz é minguante e quando minguante, nem sequer
é possível ver o seu brilho.

LUA e SOL seguem seu destino, ele solitário mas forte, ela acompanhada das estrelas, mas fraca.
Humanos tentam a todo instante conquistá-la, como se isso fosse possível.

Vez por outra alguns deles vão até ela e voltam sempre sozinhos, nenhum deles jamais conseguiu trazê-la até a terra, nenhum deles realmente conseguiu conquistá-la, por mais que achem que sim.
Acontece que Deus decidiu que nenhum amor nesse mundo seria de todo impossível, nem mesmo o da LUA e o do SOL, e foi aí então que ele criou o eclipse.

Hoje SOL e LUA vivem da espera desse instante, desses raros momentos que lhes foram concedidos e que custam tanto a acontecer.

Quando você olhar para o céu a partir de agora e ver que o SOL encobriu a LUA é porque ele deitou-se sobre ela e começaram a se amar e é ao ato desse amor que se deu o nome de eclipse. Importante lembrar que o brilho do êxtase deles é tão grande que aconselha-se não olhar para o céu nesse momento, seus olhos podem cegar de ver tanto amor.

Bem, mas na terra também existe sol e lua, e portanto existe eclipse, mas essa era a única parte da história que você já sabia, não era?



Autora : Silvana Duboc

23 comentários:

  1. OS DESCOBRIMENTOS DO HOMEM E DA MULHER

    O Homem descobriu as CORES e inventou a PINTURA,
    A Mulher descobriu a PINTURA e inventou a MAQUIAGEM.

    O Homem descobriu a PALAVRA e inventou a CONVERSA,
    A Mulher descobriu a CONVERSA e inventou a FOFOCA.

    O Homem descobriu o JOGO e inventou as CARTAS,
    A Mulher descobriu as CARTAS e inventou o TAROT.

    O Homem descobriu a AGRICULTURA e inventou a COMIDA,
    A Mulher descobriu a COMIDA e inventou a DIETA.

    O Homem descobriu os SENTIMENTOS e inventou o AMOR,
    A Mulher descobriu o AMOR e inventou o CASAMENTO.

    O Homem descobriu a MULHER e inventou o SEXO,
    A Mulher descobriu o SEXO e inventou a DOR DE CABEÇA.

    O Homem descobriu o COMÉRCIO e inventou o DINHEIRO,
    A Mulher descobriu o DINHEIRO e aí fudeu tudo ...

    ResponderEliminar
  2. Que bonito este conto de amor...ainda que algo triste, mas o sol será sempre o eterno senhor da lua! Beijinho e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  3. Sempre adorei esse conto, sabias?
    No ano passado, tentei iniciar uma história de amor mas foi entre o Mar e a Lua. ;) Nos Meus Blogs está o Encontros de Mar e de Lua, mas ficou assim como que... interrompido, por falta de inspiração. Vamos ver se resulta.
    Deixo um beijito de bom fim de semana

    ResponderEliminar
  4. Muito bonito mesmo..mas uma historia muito triste..mas eles sempre muito forte..coisa que por vezes nos nao conseguimos ne??bjinhx lindah e bom fim de semana


    Lipinha
    www.postigagirl.blogs.sapo.pt

    ResponderEliminar
  5. ...tenho andado um pouco ausente...mas hoje que vim aqui...deparo-me com um belíssimo poema...fiquei "presa" desde o seu inicio até ao fim...ainda mais que há pouco tempo...pintei um sol e uma lua juntos...parabéns á sua autora...

    Tem um bom fim de semana.
    Um beijinho*.

    ResponderEliminar
  6. Lindo conto... já o conhecia de haver lido há uns bons anos, quando ainda estava noiva do meu esposo, eu no Brasil, ele no Peru, e, quando, portanto, também nos sentíamos assim, como o Sol e a Lua... Agora somos um Eclipse Total e... Eterno!
    Muitos beijinhos e um lindo fim de semana!

    ResponderEliminar
  7. Isabel, sempre em busca da beleza, minha amiga.
    Um beijo de saudades.

    http://vbeiras.blogapraai.com

    ResponderEliminar
  8. Lindo! Vim desejar BFS.Arte por um canudo 2

    ResponderEliminar
  9. Literatura é no MUITA LETRA: http://www.icicom.up.pt/blog/muitaletra/

    ResponderEliminar
  10. Oie***Adorei o poema do sol e da lua, e apesar de ser bastant extenso (já k normalmente sou mt preguiçosa e ñ m tou pr dar ao trabalho..;p), li-o d 1 ponta a outra...lol..coisa rara...Tava mt fixe, e pr 1 pexoa cm eu k tenho 1 certo fascinio pla lua, inda foi +..axo k agora já percebi pk k tenho este fascinio por exe astro tão lindo e inspirador...Ambas somos d fases, axo k m identifico com ela...k s há.de fazer????lol...Fika bem e tal e coisa...e kk coisa paxa plo meu blog e pede..tou sp ás ordens...loli...BJITUX*******

    ResponderEliminar
  11. Olá!!!
    Que charmoso esse conto!!!
    Obrigada pela visita no meu Universo
    bjs

    ResponderEliminar
  12. Adoro essa história é linda!!! Principalmente pq meu nome é cinthia = artemis= diana (deusa lua) e do meu marido: Elio =Apolo (deus sol)pode!!!!!!

    ResponderEliminar
  13. Adorei essa historia. É realmente mto linda. Suspiros mil no final do enredo. Muito Comovente. Me identifiquei um pouco com o tema.

    ResponderEliminar
  14. Conheço esse poema há mais de 5 anos, e sempre recitei para as mulheres, é um poema sedutor, é perfeito para exemplificar um amor impossível.
    Hoje mesmo eu usei ele, para uma pessoa especial.
    " um amor impossível"
    beijo a todas as mulheres apaixonadas.
    Parabéns ao autor.
    Beijos,
    Menino Sol 39
    MSN lima.desouza@hotmail.com

    ResponderEliminar
  15. tenho neste conto ,uma grande parte da minha realidade, porem eu e minha amada por mais difícil que seja sempre provocamos muitos eclipses, lindo conto

    ResponderEliminar
  16. q coisa mais triste,esse amor...
    sempre q eu olhar o sol e a lua vou m lembrar desse amor impossível...
    bjsss a todoss.

    ResponderEliminar
  17. desde que li pela primeira vez reconheci eu e o meu amor...inda mais com aquela musica angels em ingles!!!! é impossivel...

    ResponderEliminar
  18. Ah,e minha historia.Sou o sol ele e a lua,diferentes ao extremo,a lua cheias de fases,tento traser para realidade,mas ela cheia de ilusoes.Todos falam q ela nao mim merece nao tem muito juiso,bla,bla...Mais,sou muito certnho,e estranho conheço pessoas no momento e minha energia parece consumir a outra e as vese elas mim chamam de anjo.Mas quer saber ja conheci rapases k deveriam mim faser feliz,mas,falta algo.E como a lua mim empedisse de continuar.Fico meses e meses fugindo dela.Mas quando a vejo e um dos meus melhores dias.Na verdade eu mim sinto o anjo da lua,mim sinto na obrigaçao de nos encontrarmos e sermos felises,porque passamos por tantas historias juntos.E estranho quando nos vemos,eu(sol)pareço ter um campo magnetico q puxa a lua e ele(lua)como se mim empenotisase.E a lua nao mim fas declaraçoes,acho q assusto ela com as minhas.Mas,atraves de jestos e de algo q os seres humanos nao conseguem disfarçar q o olhar,posso sentir seu amor.Ah seu fosse contar minha historia daria um belo livro das cinsas a grandes vitorias,minha energia super positiva.Faço sempre o q posso para passar energia ao meu irmao,ah a lua e meio sem juizo,mas tem coraçao bom.Diferentes mas com energia positiva.Quando bate a saudade entralaço uma mao a outra e sinto a mao da lua aminha da certo,tenho muita fe,mim sinto melhor.Nesse momento estou escrevendo um carta para lua faz tempo q nao a vejo.Moro em uma cidade na qual a divisao e um rio.Espero q meu brilho seja capas de envolvela,sem ofusca-la.K todos sejam felis...

    ResponderEliminar
  19. nao me canso de ler sol e lua

    ResponderEliminar
  20. Vivi o como a lua deste poema.Tenho a esperança de que um dia esse eclipse acontecerá novamente.

    ResponderEliminar
  21. belo , esplêndido como o sol e a lua

    ResponderEliminar