29 de março de 2005

"PERDIDAMENTE" Florbela Espanca

Ser poeta é ser mais alto, é ser maior
Do que os homens! Morder como quem beija!
É ser mendigo e dar como quem seja
Rei do Reino de Áquem e de Além Dor!

É ter de mil desejos o esplendor
E não saber sequer que se deseja!
É ter cá dentro um astro que flameja,
É ter garras e asas de condor!

É ter fome, é ter sede de Infinito!
Por elmo, as manhãs de oiro e de cetim...
É condensar o mundo num só grito!

E é amar-te, assim, perdidamente...
É seres alma, e sangue, e vida em mim
E dizê-lo cantando a toda a gente!

10 de março de 2005

EUGÈNIO ANDRADE * As Palavras *

AS PALAVRAS


São como um cristal

As palavras.

Algumas, um punhal,

Um incêndio.

Outras, orvalho apenas.

Secretas vêm, cheias de memória.

Inseguras navegam:

Barcos ou beijos,

As águas estremecem.

Desamparadas, inocentes,

Leves.

Tecidas são de luz

E são noite.

E mesmo pálidas

Verdes paraísos lembram ainda.

Quem as escuta? Quem

As recolhe, assim,

Cruéis, desfeitas,

Nas suas conchas puras?


Eugénio de Andrade, Coração do Dia

8 de março de 2005

VITOR CINTRA ****** ELAS *****

ELAS


São elas que nos fazem ficar tontos
Dizendo agora " sim " e logo " não ".
São elas que nos marcam os encontros
E lançam, por capricho, a confusão.

São elas que nos fazem, sem respeito,
Olhinhos, simulando a indiferença.
São elas que procuram, num trejeito,
Mostrar-se, quando impõem a presença.


São elas que provocam, com perícia,
Com arte, com requebros de malícia,
Os sonhos, que se fingem nas novelas.

São elas que se tornam, na essência,
O doce e amargor duma existência
Que não se sentiriam longe delas.


Vitor Cintra " Momentos "

3 de março de 2005

Só para Dizer Que te Amo

Só para dizer, que te amo,
Escalo montanhas ...
Para chegar ao topo
do teu coração.

Só para dizer, que te amo,
Percorro com os pés descalços
O rio gelado
que percorre as veias,
E atinge, o teu coração.

Só para dizer te amo
Peço ao sol que brilhe...
Só para ti.

Só para dizer te amo,
Choro a saudade da tua ausência
E peço que voltes depressa,
Sómente para dizer

que....TE AMO!

Isabel Valente