25 de janeiro de 2006

Desejo de Você poema de Isabel C.

Quero ver de novo,
No brilho de seus olhos,
Toda a intensidade do desejo
Que seu olhar contém.
Quero sentir,
Num toque de seda,
Suas quentes e doces mãos
Em busca do meu ser, trazendo a sede
Que saciará
A fome desse amor.
Quero seus dedos percorrendo meu corpo .
Quero meus seios colados em você.
Quero sentir seu corpo tremendo de desejo,
Quero sentir de novo seu beijo,
Sua boca molhada, fremente colada
Quero ter você junto a mim.
Quero sua língua brincando na minha,
Num beijo melado e molhado
Que me faz desejar e sonhar com você.
Quero urgência, aqui e agora,
Nesta noite fria,
Com você se enroscando
Em meu corpo ardente, sedento de suas mãos,
Sua língua percorrendo meu corpo nu
Desejoso de receber a seiva desse amor.
Te desejo como nunca,
Vem...
Vamo-nos amar.
Como o sol, ama a lua,
Como a areia ama o mar,
Como a noite ama o brilho das estrelas,
E eu....amo você.
Num amor que é eterno,
O meu amor,
O teu amor
O nosso amor.

Eu quero você....

Amor!


Isabel C.

20 comentários:

  1. Que poema mais sensual, cheio de lindas frases de paixão.. adorei.. eu também gostei muito de te "ter conhecido".. nada na vida acontece por acaso, podes crer. Bjhs

    ResponderEliminar
  2. Alma de Poeta.

    Adorei o seu poema. Adorei a sensualidade que expressa.
    A semãntica parece-me brasileira. O poema é seu, não é?

    Parabéns.

    ResponderEliminar
  3. O "meu desejo" é que toda a gente tenha estes desejos. Adorei...como sempre ;) aflores / ailaife blog

    ResponderEliminar
  4. Nao há como nao amar aos teus poemas de amor... sao sempre lindos... apaixonantes... :)
    Beijos para ti, minha querida!

    ResponderEliminar
  5. Lindo poema!

    E tens um selo à tua espera devido à leitura do dia 7 de Janeiro. Lembras?

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. É supremo desejar e ter reciprocidade neste desejo. Que vc siga desejando e nos brindando com belos poemas.

    Carinhos

    ResponderEliminar
  7. Palavras sensuais, deixo um abraço...

    osaldanossapele.blogs.sapo.pt

    ResponderEliminar
  8. Não me esqueci de cá vir, quando li as tuas palavras tão simpáticas cliquei de imediato na tua Alma e vim até cá, estive vendo o teu espaço, gostei muito e não tive foi tempo para comentar, cá estou novamente ...nao te vou perder de vista.
    Muitas caracteristicas neste blogue identificam-se de alguma maneira comigo.
    E este poema reveste-se de muita sensualidade, sabe bem sentir assim...

    Um beijinho, td de bom.

    ResponderEliminar
  9. Bonito e sensual poema... gostei muito! Beijinhos e bom fim-de-semana. *****

    ResponderEliminar
  10. Oi.....gostei muito de ler o poema....não sei se é teu , mas mesmo que não seja só a escolhar vale nota 10.Beijos do amigo Motar

    ResponderEliminar
  11. só passei para desejar bom fds.. Bjhs

    ResponderEliminar
  12. Cheguei aqui, pela primeira vez, através do Blog duma Amiga e enconto-me com uma bela Declaração de Amor.

    Muito belo! Parabéns.

    Voltarei.

    Maria Mamede

    ResponderEliminar
  13. Que intensidade de amar aliada a uma sensualidade profuda!...

    Arrepiei-me... mas adorei!

    Bom Domingo

    ResponderEliminar
  14. Lindo poema.
    Sentido, intenso e sensual.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  15. Olá Alma de Poeta!
    Tinha mesmo ideia de que já tinha lido e comentado este artigo, mas as evidências mostram que não!
    O poema está fantástico...! Parabéns!
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  16. Poema lindo, cheio de beleza e de sensualidade com desejos difrentes daqueles vindos no meu blog.
    No meu blog apelo pela solução dos problemas do mundo e faço apelos urgentes como fiz hoje mas esse poema esta bem lindo.

    ResponderEliminar
  17. tenho 16 capitulos na minha novela o 17º esta quase a ir online uns são sensuais outros nem tanto te convindo a ler

    ResponderEliminar
  18. adorei esse poema, ele veio encaixar juastamente naquilo em qe eu nescecitava dizer...uma mistura de amor e sensualidade...

    ResponderEliminar