12 de novembro de 2008

Espero-te Sem Te Esperar de MARIA JOÃO L.









Sei como pode ser difícil o outro lado da viagem
Onde reinam tuas imensas razões,
E onde habitam as minhas profundas emoções.
Percorremos a Terra, caminhando em labirintos de cores e cheiros diferentes.
Será que a melodia que nos uniu, pode ser poderosa e vencer a tua multidão ?
Mas eu não quero conquistar ninguém...
Mas, também não quero nada que te possa magoar,
Se os ANJOS me revelassem, que nosso abraço nasceu para ser apenas sonhado,
Eu guardava-te para sempre escondido no meu coração.
Sempre deixei que fosses tu a comandar este amor...
Tens uma vida lindamente merecida e esculpida de razões...
Sei compreender
Aprendi tanto de amor a doer
Sei continuar a sonhar...

E neste sentir maior assim espero-te sempre sem te esperar ...




Maria João L.


(Texto que me foi enviado e que achei muito bonito, partilho-o aqui)

Sem comentários:

Enviar um comentário