9 de fevereiro de 2010

Rapariga Seduzida....poema de HEDYLOS (Grécia )















Embalou-me - eu era tão inocente -
Com vinho e palavras de amor
e todas as juras. Ao acordar
qual não foi a minha surpresa


A seda que cobria os meus seios e o ventre
desapareceram e com ela a minha pureza


Deusa lembra-te que estávamos sós
e ele era forte - e eu tão indefesa.




Hedylos

Sem comentários:

Enviar um comentário