29 de maio de 2009

FERNANDO MONTEIRO DA CÂMARA PEREIRA - do livro " MAR BRANCO "

NO TEU CORPO QUENTE


Regressei ao horizonte
no teu corpo quente

Penetrei o meu ser
no teu ser ansioso

És o tudo…sou o tudo…
És o nada, também

Toquei no teto-universo…
e encontrei-me em ti

Já posso partir
para o horizonte

Para o meu gene perdido
Que sou eu

Tive o tudo
tenho o nada
Sou só …. o regressado

Vivo suspenso do teu corpo quente
Vivo suspenso no teu corpo quente
Vivo suspenso no teu corpo quente.



Fernando Monteiro da Câmara Pereira - Dez.1980

(Um açoriano nascido Mariense )