4 de dezembro de 2004

Américo poema " Palavras Para Quê? "

PALAVRAS PARA QUÊ?

Palavras para quê, se os olhos as dizem fechados?
Palavras para quê, se os lábios as dizem calados..?
Palavras para quê, se as mãos as dizem quietas....?


Num encontro gostoso, sem pensar demasiado,
Numa loucura expontânea, que surge inesperada,
Como uma chama que alastra na erva ressequida,
Na roupa que cai no chão, no corpo que fica a ver-se.


Num momento...num gesto, um abraço...um beijo de pé,
Uma cama que espera,um abraço mais forte....um suspiro,
Dois corpos que se juntam.... eterno ritual de prazer e paixão
Num gemido suave... mais outro e muitos mais...


Na procura do que somos, de onde viemos, para onde vamos
Nos olhos abertos, nos lábios a falar,no toque das mãos...
Num obrigado na voz, no brilho silencioso dos olhos incrédulos
Num espaço solitário,no tempo que acabou sem começar


Nma viagem fascinante, numa miragem exótica...
Da vida,do agora,do tempo que passou e se esfumou
Do amanhã que queremos viver hoje,enquanto sentimos
No calor da chama que consome a erva ressequida...
Do sangue correndo nas veias,do sonho a fervilhar na mente
Do horizonte correndo vertiginoso ao nosso encontro.


Palavras para quê se os olhos as dizem fechados?
Palavras para quê se os lábios as dizem calados...?
Palavras para quê se as mãos as dizem quietas......?


...




Américo , 28 de Julho 2004

18 comentários:

  1. Belo! Melancolicamente belo!
    Um beijo daqui.

    ResponderEliminar
  2. Lindo... O Amor realmente, não precisa de palavras quando vive de gestos, olhares e sentimentos... Jinhos :)

    Cris (www.palavrasaovento.blogs.sapo.pt)

    ResponderEliminar
  3. ... basta olhar e ficamos sem palavras...

    Azoriana

    ResponderEliminar
  4. depois de ler este magnifico poema palavras para quê?

    ResponderEliminar
  5. Palavras para quê?
    Prazer pelo que sinto, de olhos fechados...prazer pelo que vejo, mesmo sonhando. aflores/ailaife blog

    ResponderEliminar
  6. Américo!... SEM PALAVRAS.... BJS e 1BICA

    ResponderEliminar
  7. Realmente... Mas... foram as palavras que permitiram este momento! :)**

    ResponderEliminar
  8. Um belo poema, cheio de imagens.

    ResponderEliminar
  9. Palavras para quê quando podem ser ditas no silêncio, na forma de um beijo, num abraço...

    ResponderEliminar
  10. as ondas de paixão continuam rolando por aki...rsrs.
    bjs.
    mistery.
    versusediversus

    ResponderEliminar
  11. Realmente palavras para quê? simplesmente linda a conjugação das palavras com a imagem.

    Beijos grandes.

    ResponderEliminar
  12. Ola querida...saudades dos teus posts...belissimo...às vezes, manifestar algo em forma de palavras, pra quê, se existem outras formas de se demonstrar sentientos...beijos :) Sensivel Diferença....
    http://palavras_apenas.zip.net

    ResponderEliminar
  13. Oi Isabel!Achei o poema lindo,até fez-me bem ler, pois estava entrando em neura...buahhh
    Olhe aproveito p dizer k tenho mais um blog,alem do Lágrimas Ocultas...deixo aqui o endereço se quiser visitar...http://nossorefugio.blogs.sapo.pt
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  14. viver intensamente para quê?
    se vem depois o tédio e o cansaço
    e há frustação e adeus em cada abraço.

    ResponderEliminar
  15. Eu tb sou d opinião d k o silencio por vezes falam mais do k um bilião de palavras,...
    Precisamos simplesmente saber olhar, sentir, e amar ...

    ResponderEliminar
  16. Palavras para quê, se com um olhar, te transmito o que me vai na Alma?.Desculpa a minha ausência, mas mudei de PC e tenho andado para aqui às voltas.

    Beijocas,

    ResponderEliminar
  17. ...na realidade mais palavras para quê se nem as mais belas do mundo sabem traduzir ... sentimentos...
    ...sensações...momentos ...
    :)
    Rio-Azul

    ResponderEliminar