28 de janeiro de 2005

JOSÉ MARIA LOPES DE ARÚJO poema ** Paisagem **

PAISAGEM


Trinados de passarinhos,
Sombras frescas, perfumadas,
Pastagens, fontes e ninhos
E nascentes encantadas!

Por solitários caminhos,
Em alegres madrugadas,
Trabalhadores e velhinhos
Passam com suas enxadas.

Na aldeia, só finda a vida
Quando o sino duma ermida
Dobrando toca Trindades.

Quando vai o sol morrendo
E vem a noite descendo
Num crescendo de saudades!



José Maria Lopes de Araújo
" Noite de Alma "

9 comentários:

  1. E por estes caminhos nos vamos encontrando. Bom fim de semana :) aflores / ailaife blog

    ResponderEliminar
  2. Gostei. :)
    Um beijo, Isabel*

    Sara M,
    O mundo à janela

    ResponderEliminar
  3. Gostei muito. Abraço e bom fim de semna :-)))
    http://eternamentemenina.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
  4. Patinhas: Belo quadro muito lindo
    tem um optimo fim de semana
    fica bem

    ResponderEliminar
  5. Uma paisagem bucólica "dita" num belo poema. Gostei. beijinhos e bem fim de semana.

    ResponderEliminar
  6. ...Hermoso lugar donde la Poesía flota en el ambiente! ...Hermoso blog, amiga! TE SALUDO!
    http://poemagenes.splinder.com
    PARABENS!!!

    ResponderEliminar
  7. ~Primavera antecipada num sábado aqui de Sol e bem mais quentinho do que nos últimos dias! Continuação de bom fim de semana! **

    ResponderEliminar
  8. Oi amiga Isabel!Muito bonito o poema, que bela paisagem descrita, mas paisagem que hoje já mal se vê por entre este Mundo!!Beijinhos e bom fim de semana!
    http://poetisasonhadora.blogs.sapo.pt

    ResponderEliminar
  9. Bucolicamente belo. Aliás como bela é toda a poesia de Lopes de Araújo, infelizmente tão pouco divulgada.
    Parabéns, Isabel. Até pelo teu contributo para essa divulgação.
    Um abraço
    João Vítor

    ResponderEliminar