26 de junho de 2005

Astrolábios "Volupias de Luar"

Tenho saudades do teu sorriso,
Da tua carne, da tua alma,
Lembro-te com a alma triste,
Revejo-te na noite calma.
Se eu fosse, sombras da sombra,
Levantar-te-ia numa onda,
De volupias e sombra,
Num sonho de aventura.
O nosso espírito adora a lua,
Sobrevoa qualquer mar,
Pelo ar místico flutua,
Neste esplêndido luar.
Ao raiar da manhã estás comigo,
Só de noite o teu corpo,
Não o tenho no meu abrigo.

“Astrolábios "

10 comentários:

  1. Saudade é a palavra chave para descrever o que sinto neste momento...
    tenho saudade da carne e da alma do meu namorado...
    está longe mas sinto-o como se tivesse perto de mim...
    chamaremos a isto Amor e é por isso que o "nosso espírito sobrevoa qualquer mar" de modo a gritar para todo o Mundo que o Amo e assim acalmar o meu coração...
    Sim, sou feliz...e apesar de longe estas perto de mim...pois o Amor une-nos.

    ResponderEliminar
  2. Saudades sei lá do quê...
    amar sei lá a quem...
    muito lindo o que escreveste
    beijos

    ResponderEliminar
  3. Lindo!Luar assim só em sonhos!!!Belissimo poema.Arte por um canudo 2

    ResponderEliminar
  4. SAUDADES, é o que eu sinto durante 365 dias por ano...
    belo poema e adorei:)
    beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Astrolábio... so agora reparei na beleza da palavra:)

    **

    ResponderEliminar
  6. Essa palavra SAUDADE corrói muita gente.......Feliz fim de semana. BJds

    ResponderEliminar
  7. lindissimo o poema...adorei!Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Olá
    tudo bem? em tempos comentaste o meu blog , alma desiludida , eu tenho andado desaparecido mas vim agora aki vier , o poema tá mto giro ;) espero k comentes o novo blog :P beijos!

    ResponderEliminar
  9. Visite o blog mariense que dá uma no cravo outra na ferradura :

    http://botacima.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  10. olá, vim deixar-te um enorme beijinho e votos de uma boa semana para ti:)

    ResponderEliminar