16 de setembro de 2005

DEIXOU A SUA INSPIRAÇÃO A " ANA TERESA CRUZ VALENTE "

Lindo e inspirado poema recebido da Ana Teresa , amiga do blog
  • Teresoca à Descoberta do Novo Mundo Tecnológico
    .....A net tem destas coisas, presentear-nos com o carinho e amizade de pessoas tão distântes e no entanto tão presentes.
    Beijo com carinho , amiguinha.



    À DESCOBERTA DO AMOR ...


    Não, não foi à beira mar que te descobri,
    Mas foi lá que senti pela primeira vez.
    O toque quente das tuas mãos no meu corpo,
    Foi lá que pela primeira vez sentimos
    Que algo de estranho se passava connosco!
    Amor?
    Não. Nunca poderá haver amor entre nós!
    Porquê? Perguntaste-me!
    Porque a terra nos separa
    E, a água não tem força para nos unir!

    E agora perguntas tu? Que fazemos nós?
    Conformamo-nos com a terra?
    Ou damos força ao mar?
    Não sei! Tenho medo de navegar,
    Mas desejo cavalgar!
    E por isso não será nem a terra, nem o mar,
    Que me fará esquecer o que passámos,
    Mas será o tempo que decidirá
    Se é Amor ou se é apenas Saudade!


    Ana Teresa Cruz Valente
  • 8 comentários:

    1. Olá!
      Vim agradecer e retribuir a visita e o comentário que deixaste no meu blog.
      É a primeira vez que visito o teu blog e gostei do que li.
      Sempre que tenha tempo disponível, continuarei a visitar-te.
      Gostei do texto que escreveste! Está simplesmente...magnífico! Parabéns!
      Cumprimentos.

      ResponderEliminar
    2. è a primeira vez que cá venho, terei de vir cá com mais tempo. pois o que aqui vi, tem de ser revisto sem pressas.Obrigado por estar a gostar do meu conto....
      Piedade Araujo Sol
      http://umolhardemaresia.blogspo.com

      ResponderEliminar
    3. Vim desejar-te um bom fim de semana e deparo com outra beleza, desta vez, para além da descoberta.
      Parabens, é bom saber que as palavras voam assim, oceanos fora.
      Um beijinho.
      Bom fim de semana, para todos.

      ResponderEliminar
    4. Hello Alma de Poeta..
      Obrigada por teres publicado o meu poema..precisava de desabafar o que escrevi com alguém..pois na verdade tudo o que consta no poema está dentro de mim..passou-se comigo..e estava a abafar o meu coração..agora sim sinto-me bem mais serena...Beijo Grande

      ResponderEliminar
    5. Nesta noite de luar, onde o sonho nos embala e o som desta musica nos faz sonhar, digo-te aqui baixinho, segredando em teu ouvido, amor sonha comigo.....BJS...amo-te Geninho

      ResponderEliminar
    6. Simplesmente... belo!
      Eleva-nos e embala-nos junto ao mar, com o ruído de fundo das ondas, a desenhar riscos imperfeitos na areia.
      Como se os namorados ali desenhassem o seu futuro e as ondas obrigavam-nos a desenhar tudo de novo. Bjinho

      ResponderEliminar
    7. Belissimo poema...e quem assim escreve tem que sentir toda a força do amor, da saudade...tem alma de poeta. Votos de excelente domingo. Beijinhos

      ResponderEliminar
    8. Bonito teu poema de amor. Amor, esse sentimento que aproxima os povos, que faz o mundo girar com mais graça e nos embala na magia da vida. Parabens.
      Bjs

      ResponderEliminar