13 de outubro de 2005

....Viver Como eu Sei...Américo Silva

VIVER COMO EU SEI

Uma manhã de sol... de vento... ruidosa..
que agita com violência os ramos das árvores
que o suportam angustiadas ... indefesas... impassíveis
que o sentem e aceitam... que o vivem sem queixume

São como nós, que também não podemos sair do caminho
que a vida nos escolheu... plenas de angustias...
de medos... de noites de tormenta, de pensamentos apavorados
à espere que o sol chegue e dissipe a névoa da incerteza.

E viver é isto... um momento de angustia... de incerteza
um momento de dor... um momento de alegria...
um momento de esperança... um momento de luz
um momento de prazer... um momento de revolta...

Sair da estrada e entrar nela de novo...
é achar o nosso destino e aprender a guarda-lo
é escolher na corrida vertiginosa da caminhada
os momentos que vale a pena guardar


Aprender a coexistir com a tormenta e a calmaria
é sentir a qualquer hora do dia ou da noite
que aconteça o que acontecer... haja o que houver
há sempre alguém que mesmo distante, caminha a nosso lado

Na noite tenebrosa...no sol radiante...no frio do medo
no calor da esperança... num amanhã mais calmo e tranquilo
na lagoa das águas serenas, na areia da praia deserta
no encanto do monte verdejante, no silencio dum carro parado


No planalto duma montanha escura... silenciosa... tranquila
no caminhar pelas ruas desertas duma cidade plena de vida
de ruas estreitas... linhas de eléctrico reluzentes...
nas horas mortas da madrugada voando ao encontro da luz

Viver é isto... descobrir... encontrar e perder... sentir e correr...
ao encontro do destino... de nada... de tudo...

Américo Silva
( Setembro 2003 )

12 comentários:

  1. Hola ,
    mto obrigado pelo seu comentário no meu blog , isso me deixou mto feliz ! beijos melissa

    ResponderEliminar
  2. PARABÉNS! O SEU BLOG É DESTAQUE NO ATUALIZANDO BLOGS, POR SER DE EXCELÊNTE QUALIDADE. PEGUE O SEU TROFÉU E SEU CERTIFICADO DE QUALIDADE. BJUS! KEILA :****

    ResponderEliminar
  3. Muitos parabéns!!!
    O poema é magnifico adorei...
    beijinhos**

    ResponderEliminar
  4. Lindo poema como já nos habiutuaste . Viver é tudo isso e algo mais...é encontrar uma flor e sentir o seu aroma, viver é sentir o arrepio que o vento nos provoca ...por vezes viver está também nas pequenas coisas ...Um beijo

    ResponderEliminar
  5. ...bonita homenagem @miga...e parabéns ao teu @migo que escreve muito bem...eu gostei muito de ler este seu poema...

    Beijinhos para ti e um beijinho para ele.

    ResponderEliminar
  6. Parabéns a ambos ;) Afinal, viver é tudo isto. Bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  7. Passei por aqui para actualizar a leitura e deixar um beijinho :) Betty

    ResponderEliminar
  8. Bonita homenagem ao autor do poema postando este seu poema, do qual extrai este pequeno fragmento:
    "... Viver é isto... descobrir... encontrar e perder... sentir e correr...
    ao encontro do destino... de nada... de tudo...!

    ResponderEliminar
  9. Olá

    Gostava de te convidar a conheceres o meu blog.

    É um tributo aos poetas lusófonos.

    Espero lá por ti.

    ResponderEliminar
  10. Passei pra te desejar um belo fim de semana recheados de coisas lindas e positivas pra ti! Bjkas no coração!

    ResponderEliminar
  11. Olá!
    Concordo plenamente. A vida é feita de momentos. Momentos esses que podem ser repletos de alegria ou de tristeza.
    Há-que saber viver a vida perante estas diferentes facetas.
    Cumprimentos.

    ResponderEliminar
  12. Parabéns. Tal como eu as tuas imagens também não aparecem. Bonito. :S

    ResponderEliminar