7 de outubro de 2005

Rose Arouck " EU e o MAR "






Enfrento tua imensidão infinda cheia de segredos,
Querendo atirar em tuas águas revoltas todos os meus medos
E me deparo comigo em degredo
Pretendendo insinuar minha alma
Em tua vastidão, que acomoda
Os meus olhos num azul brilhante e profundo
Fazendo-me esquecer as maldades do mundo.

Envolvo-me pelas carícias de teus braços de algas;
Mergulho, em frêmito pacífico... tu me acalmas,
E deixo fluir de meu peito as incertezas
Boiadas às distantes correntezas
Que dilaceram-me como o despertar de um vulcão.

Subo em dupla com as tuas maresias
Para incluir em minhas têmporas as fantasias,
Que não permitem a minha vida naufragar.
Agora estamos sós, e, contemplamos o silêncio,
Que elocubra os deslizes do que penso,
Para em seguida, os sagarços transformar
Em atobás, que inundam petulantes
Meu poema, que soberbo nesse instante
Luta feroz para não se afogar, afogar...
afogar... no ar... no ar ...no ar.

18 comentários:

  1. Olá!
    Mais um bonito e sentido texto. Adorei! Muitos parabéns!
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  2. Como é bom "viajar" no pensamento...

    ResponderEliminar
  3. Olá!
    Pasei pra agradecer sua lindas palavras e te desejar um lindo fim de semana cheio de coisas lindas.
    Seu blog é lindissimo e viajei lendo seus textos. parabéns por essa obra de arte.
    Adorei e estarei sempre aqui pra uma visita. Irei te linkar pro meu blog.
    Bjs no coração!

    ResponderEliminar
  4. que lindas suas poesias. parabéns também pelo destaque no doce veneno! realmente, foi bem merecido! Brigada também por me parabenizar pela poesia que ganhei! realmente anda acontecendo muita coisa boa comigo, só que eu não estava prestando muito atenção a isto! fica também beijos!

    ResponderEliminar
  5. Antes de mais quero dar os parabéns pelo destaque no doce veneno!
    Se alguém merece, é você!

    Quando aqui regresso, (não tantas vezes como gostaria) sinto emoção a transpirar por todas as palavras e versos com que nos brindas. Sentimentos deveras esquecidos, brotam de novo no consciente de que lê e sente. Em suma, rejuvenesce a alma e o espirito. Só oferece ondas positivas, que nos fortalecem e revigoram, ajudam também a manter os nossos olhos abertos para as pequenas coisas da vida e que nos dão prazer: o Amor e Paixão! Tantas vezes arredados para 2º plano no nosso quotidiano vertiginoso.

    Bjinho e
    Bom fim de semana

    ResponderEliminar
  6. Não pretendo abusar, mas poderia voltar ao meu cantinho e ler o comentário, no "Aqueles olhos"?
    Agradecido.

    ResponderEliminar
  7. Está lindo!

    Bom fim de semana!
    Continua a sorrir...

    ResponderEliminar
  8. Sempre belo este teu cantinho de delícias poéticas. Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Sempre belo este teu cantinho de sonho, musica e poesia!!

    ResponderEliminar
  10. Olá

    Gostei muito do seu blog, vc tem muita sensibilidade e escreve como coração, como eu gostaria de escrever bem como vc, mas isso é dom faz o que...
    parabéns.....
    www.belene.zip.net

    ResponderEliminar
  11. Belissimo poema, gostei imenso. Beijinho e boa semana

    ResponderEliminar
  12. ...lindo poema este @miga...e inspirado no mar...e é tão bom sentir tudo o que tu aqui tão bem relatas...


    Tem uma boa semana.

    Beijinhosssssss

    ResponderEliminar
  13. Olá fantático adorei ler o que escreceste é lindo mesmo. Beijinhos

    ResponderEliminar
  14. Ai amiga, quanta ternura há neste teu poeminha... Lindíssimo! Encanta-me de verdade!
    Fiquei muito feliz de que hajas estado lá em casa para nossa festinha de 1º aniversário!
    Muitos beijos e sorrisos para ti!

    ResponderEliminar
  15. Aproveito o vento para me fazer á navegação, agora tenho um bocado de tempo, vou parando e onde quero deixo um olá... até á volta um abraço...

    http//:osaldanossapele.blogs.sapo.pt

    ResponderEliminar
  16. Bela imagem. É fresco passar no teu blog. :) Vim convidar a ti e a todos os teus amigos a visitar o meu novo blog. Cantinho da Cultura.

    ResponderEliminar
  17. O mar sempre foi gde inspiração em minha vida. Nele renovo minhas forças qdo estou só e qdo quero refletir. muito bom o texto.

    ResponderEliminar
  18. Gostaria de saber de quem é esse blogger. Eu sou a autora da poesia postada,"Eu e o Mar" sou Rose Arouck. Mas não é meu esse blogger. Alguém está se fazendo passar por mim. Isso é crime.
    Espero que a pessoa dona desse blogger se justifique, por favor!

    ResponderEliminar