20 de novembro de 2005

FERNANDO MONTEIRO DA CÂMARA PEREIRA Poemas do Livro " MAR BRANCO "

Fotografia de Ana Loura


QUERO SER EU,MESMO O NADA !

Quero viver
Quero ser eu
Quero ser
o que vai vir da nascente
Quero viver
para me atingir no tempo
Quero ser eu
mesmo o nada, o eu ausente.

Quero plasmar
o meu querer a esmo
E viver
Nas asas de mim mesmo !



FERNANDO MONTEIRO

7 comentários:

  1. Não conheço a obra do Fernando Monteiro, mas gostei deste pequeno poema.
    Agradeço-te a divulgação e por me dares a oportunidade de ler autores que possivelmente nunca me chegariam às mãos.
    Espero mais trabalhos dele.
    Se tiveres tempo, hà novidades no meu canto de poesia, agradecia a tua observação.

    Boa semana

    Espero que estejas de saúde, estranhei a ausencia de postagens.
    bjinhos

    ResponderEliminar
  2. Passei por cá para te dizer que se não te importares irei criar um link do meu blog para o teu para me ficares de mais facil acesso e para te visitar com maior regularidade.
    Bjs.

    ResponderEliminar
  3. Olá :)

    Vem brindar connosco, vens? ;)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Nao o conhecia, mas gostei muito do seu poema... é belo!
    Boa escolha a tua, amiga!
    Bijos e muitos sorrisos para uma semana bem feliz!

    ResponderEliminar
  5. Há momentos de sorte com este, a sorte de ler poemas lindos e poder dizer por isso, obrigada por postares para nós. Belo blog, linda alma de poeta tens. Beijo meu.
    Anne.
    http://www.anne_voce.blogger.com.br

    ResponderEliminar