3 de janeiro de 2007

poema de ..... Violante Medeiros Pereira


Um lenço branco
Molhado
Caído na rua ...
Gente indiferente passa;
Suja-o
E amachuca a dor das lágrimas,
Que alguém limpou.
E a gente passa
E as lágrimas
Introduzem-se pouco a pouco,
Nas pedras negras da calçada.



Violante Medeiros Pereira
S. Maria - Açores

Do Livro " Musas da Minha Terra "
de

ADRIANO FERREIRA


Sem comentários:

Enviar um comentário