24 de fevereiro de 2007

SIDÓNIO BETTENCOURT " Confidência "









Nunca tive pátria, outro rio, outra casa, outra rua, nunca tive outra terra, outro mar, outra mãe, outra mulher, nunca tive





Outra coisa qualquer ...




















Sidónio Bettencourt






Do Livro " Deserto de Todas as Chuvas "








2 comentários:

  1. Entrei...e saio em pés de algodão...

    Lindo!!

    Uma boa semana

    Beijinhos da
    Maria

    ResponderEliminar
  2. Comadre, sempre vais alimentando a nossa alma...Continua lindo o teu blog
    Beijinhos

    ResponderEliminar