4 de junho de 2007

A MINHA AMANTE TEM AS VIRTUDES DA ÁGUA do Poeta Francês * VICTOR SEGALEN * - Do Livro " ROSA DO MUNDO " 2001 poemas





A MINHA AMANTE TEM

AS VIRTUDES DA ÁGUA




A minha amante tem as virtudes da água : um sorriso claro, os gestos fluentes, uma voz pura que canta gota a gota. - E por vezes, - sem querer – um fogo passa pelo meu olhar, sabe como ateá-lo estremecendo : água tirada sobre as brasas .

Minha água viva, ei-la derramada, toda, sobre a terra! Foge-me, desliza; - e tenho sede , e corro atrás dela.

Com minhas mãos formo uma taça. Com minhas duas mãos embriagado estanco-a, estreito-a, levo-a aos lábios :

E trago uma mão cheia de lama.




Tradução de Filipe Jarro


França

VICTOR SEGALEN
(1878-1919)

1 comentário:

  1. Excelente este texto.

    Um Poema está a ser votado no Blogstar para o selo dourado. Se achares que merece tal destaque, agradeço os teus votos.
    Um abraço

    ResponderEliminar