19 de setembro de 2007

" Encanto de Amor " de Atharva-Veda

Encanto de Amor

Como a liana enlaça a árvore, enlaça-me também, sê a minha amante e não te afastes de mim!

Como a águia ao levantar voo bate no chão com as asas, bato no teu coração: sê a minha amante e não te afastes de mim!

Como o sol cinge no mesmo dia o céu e a terra, cinjo o teu coração: sê a minha amante e não te afastes de mim !



Tradução de: Maria Jorge Vilar de Figueiredo

Sem comentários:

Enviar um comentário