12 de dezembro de 2009

Sem Deus, Sem Vós e Sem Mim.... de Jorge Manrique ( Espanha 1440-1479)





















Sou quem livre me senti,
eu quem pudera olvidar-vos,
eu sou o que por amar-vos
estou, desde que vos vi,
sem Deus, sem vós e sem mim.

Sem Deus porque a vós adoro,
sem vós, pois não me quereis;
sem mim, pois se diz em coro
que me tendes e tereis.
Por isso triste, nasci,
pois poderia olvidar-vos
eu sou o que por amar-vos
estou, desde que vos vi,
sem Deus, sem vós e sem mim.



Tradução de : José Bento

do Livro " A Rosa dos Ventos "

2 comentários:

  1. Muito lindo !!!

    Amar....
    Amar é sentir um beija-flor sob as mãos
    embora sabendo que ele pode voar
    a qualquer instante para outro jardim,
    mas deixará o pólen
    que faz brotar a certeza
    que amar vale a pena...
    E mesmo que seja breve
    será o suficiente
    para ficar gravado
    na mais bela das rosas.
    A alma.

    'Sirlei L. Passolongo'

    Passando para te desejar um lindo final de semana com muito amor, paz e felicidade.
    Abraços com todo meu carinho.

    ResponderEliminar