16 de setembro de 2011

Meu Amor...poema de Florbela Espanca



De ti somente um nome sei, amor.
É pouco, é muito pouco e é bastante
Para que esta paixão doida e constante
Dia após dia cresça com vigor!

Como de um sonho vago e sem fervor
Nasce uma paixão assim tão inquietante!
Meu doido coração triste e amante
Como tu buscas o ideal na dor!

Isto era só quimera, fantasia,
Mágoa de sonho que se esvai num dia,
Perfume leve dum rosal do céu...

Paixão ardente, louca isto é agora,
Vulcão que vai crescendo hora por hora...
O meu amor, que imenso amor o meu!
FLORBELA ESPANCA

3 comentários:

  1. A paixão é mesmo a parte insana do amor, a que comete e é acometido por loucuras. Mas tão gostoso de sentir, nos faz sentir vivos como nunca, como nada.

    Bjsss

    ResponderEliminar
  2. Isa passei para conhecer seu blog ele é muito maneiro super organizado com ótimo conteúdo gostaria de parabenizar pelo excelente trabalho voltarei mais vezes no seu encantador
    blog que Deus ilumine seus caminhos e de seus famíliares
    Desejo muito sucesso

    ResponderEliminar
  3. Hi this news is exactly what I search. I share to your website to my facebook. Thank you update daily this blog will go to peak thanks bye…

    ResponderEliminar