25 de abril de 2012

Examina a Tua Consciência...... Isabel Cabral


Por vezes, somos tão indiferentes ao sofrimento alheio. Fingimos que não vemos, que não é nada connosco. Acontece que por vezes, a dor também nos bate à porta, essa mesma dor, igual àquela que optámos por disfarçar não ter visto, mesmo ali ao lado, no nosso amigo, nosso irmão, nosso conhecido.
 Nessa altura, o que esperamos receber?
É dando que se recebe.
HUMANIDADE, deve existir em cada um de nós, seres racionais, diferente dos animais, mas quantas vezes bem piores.
Quando eu pedir, numa palavra, num gesto ou olhar, que me apoies, espero que entendas, porque esse gesto, palavra ou olhar, pode ser o espelho onde verás o teu próprio reflexo, qualquer dia.
Quem não tem para dar, uma palavra, um sorriso ou afecto, é tão ou mais pobre do que um mendigo.
O teu umbigo não é certamente, o centro do universo.
Examina a  tua consciência.

Isabel Cabral