28 de setembro de 2012

De Amor nada Mais Resta que um Outubro ....Natália Correia



De amor nada mais resta que um Outubro 
e quanto mais amada mais desisto: 
quanto mais tu me despes mais me cubro 
e quanto mais me escondo mais me avisto. 

E sei que mais te enleio e te deslumbro 
porque se mais me ofusco mais existo. 
Por dentro me ilumino, sol oculto, 
por fora te ajoelho, corpo místico. 

Não me acordes. Estou morta na quermesse 
dos teus beijos. Etérea, a minha espécie 
nem teus zelos amantes a demovem. 

Mas quanto mais em nuvem me desfaço 
mais de terra e de fogo é o abraço 
com que na carne queres reter-me jovem. 

Natália Correia, in “Poesia Completa” 

3 comentários:

  1. Deixei para você em meu blog um presente, sinta-se livre em aceitar ou não, um abraço.

    ResponderEliminar
  2. Appreciating the time and energy you put into your website and detailed information you provide.
    It's nice to come across a blog every once in a while that isn't the same old
    rehashed information. Great read! I've saved your site and I'm including your RSS feeds to
    my Google account.

    Here is my weblog ... noopept

    ResponderEliminar
  3. It's a pity you don't have a donate button! I'd definitely donate to this brilliant blog! I guess for now i'll settle for book-marking and adding your RSS feed to my Google
    account. I look forward to brand new updates and will talk about this website
    with my Facebook group. Talk soon!

    my blog :: Website optimisation

    ResponderEliminar